domingo, 1 de novembro de 2015

Proposta despropositada - Nicolas Santos

Chão, nosso, louvado e acimentado, proponho o contato, proponho o conhecimento, não deslocaremos equívocos, a simplicidade mais irriquieta do universo, sós ou não ? Sujemo-nos, assim como nos sujam, proponho o abstrato, livro os livros, aborreço, quando silenciam, comento, quando comentam, silencio. Não acredito no resto, não convenço, dizem saber o que sinto, pretensiosos convictos. Em muros o murro da cidade, agudo, contagioso, não habito-me, desconverso, proponho. Tanta intenção não serve, nada tenho a oferecer, à ninguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário