domingo, 8 de novembro de 2015

Metafísica - Nicolas Santos

Dessa alma para com as outras, raiva alguma, quase desidrato, vossa sequência não altera-se, insignificante arbítrio e canela no copo, seu desejo manifesta-se em cores e odores. É quase uma traição, nossa em desejo fúnebre. Palavras aleatórias, orando por manifestos, ataco o ontem, tamanha ferocidade, tamanha indecisão. Há lugar algum, sem anseios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário