domingo, 15 de fevereiro de 2015

Para os que esquecerei - Nicolas Santos

Queria dizer certas coisas, essas são inaudíveis aos que combatem o marasmo com uma dose qualquer de incredulidade sem nexo, pedra em pedra é chocalho, facilito e quando a noite se vai, perduro. Contemplarei meu tempo, nunca mais ao que fui. Não espero que entendam ou se doem, o cansaço me venceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário