domingo, 13 de abril de 2014

Lápide - Nicolas Santos

Observo ao véu, imutável, incolor, trajado de prantos intrínsecos, fortemente vulnerável para qualquer brinde megalomaníaco, repouso aos seus olhos, estes, tão ou mais despreparados que a tarde de inverno que pertence ao verão, sem guarda-chuva ou ponto de partida, somente, absurdamente

Nenhum comentário:

Postar um comentário