domingo, 15 de dezembro de 2013

Acrobacias - Nicolas Santos

Esses pontos trepidantes invadem o acordo dos desalmados, largo de anúncio, publicam isso, nossa jovialidade estará presente na linguagem culta das conversas que não se dão. Testes francos que desprendem qualquer alma humana ou objeto inanimado da certeza petrificante que o amor não existe. Assim toda escuridão faz sentido quando a luz acende-se, claridade irreal, sentenciam, provocam, invocam a mentira e dizem não mais querer, querem desvairadamente, alucinadamente, mentem à mim, à ti. Podridão vista e inalada de longe, são os teus, meus órgãos, teus olhos, palavras, minha confiança é precisa e chama por carência, diria atenção. Nada diria e tudo disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário