domingo, 3 de novembro de 2013

Marcha fúnebre - Nicolas Santos

O cheiro da novidade endivida. Por isso e muitas outras questões, por isso e o que renova-se de forma pragmática, tais condenações se amontoam em um suspiro quase verdadeiro, realidade intrínseca que nos enfraquece, osteoporose social. Olhos mareados que perdem-se na maré, saberias caso permitissem, tudo vago e distante, alimenta-se do que não olhas, olhe, sei bem. Alvejados por verdades inescapáveis, admito tiroteios em calmaria, o copo d’água é uma tempestade real, fotografias que enquadram-te e repousam sobre uma eternidade mistica, admirável. Caso meu coração lhe encante

Nenhum comentário:

Postar um comentário