domingo, 1 de setembro de 2013

Vossa eternidade é equacionada, pregos em lábios doces, qualquer silêncio merece grito - Nicolas Santos

É. Aposto tantas vidas, tantos dias, meses, tanto faz, aposto sob sangrias e vendas estereotipadas, sobre pés camuflados que pretendem uma liderança comum à bens e copos quase cheios, impraticável. Concordo e confio ao contemplar, essas vozes trazem o dobro, qualquer bebida serviria, nem água há, vendem corpos perfeitos e almas furadas, juntam quem se deixa, relembram. Minha confusão termina ao começar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário