domingo, 21 de julho de 2013

Ausfall - Nicolas Santos

Isso é visceral, morre com teus meios termos e tempos incontroláveis, inconcertáveis, tal façanha é prepotência, sinais de um mesmo acordo que expõe aos equivocados e febris a morte, tão clara e astuta que ainda é dúvida. Não trataria disso, não, tão bem sei e sabes que jamais saberemos tudo, não somos independentes, pois então, não existe relação ou ação que se desassocie das pessoas, estamos condenados a elas, é condição. Próximo aos ideais e tua pele quase limpa, cavo e rebusco um motivo e isso não joga sorrisos da ponte, até porque os edifícios tomam a tudo, o tempo todo, disseram que o clima iria mudar, seco é viver. Fernando Pessoa me conhecia melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário