domingo, 7 de outubro de 2012

Best seller - Nicolas Santos

Talvez eu seja o melhor nisso. Nisso de esconder de todos e até de mim mesmo o que sinto de verdade, tanto que jamais consigo achar pra sentir e chorar vendo alguma cena de um seriado, tanto que eu nem precisaria, isso seria algo que não corresponde mais a mim. E nesses contrastes você se encontra na parte que me dói, naquela que eu estoco músicas e decepções, frustrante por um lado, mais frustrante por outro, seria e ainda é apropriado te tocar usando apenas a imaginação. Ok, esta é uma confusão que não permite escrever belos textos, tanto que o parágrafo ai de cima, na minha concepção, ficou horrível, esta é uma confusão que talvez não agrade a ninguém, nem venda muitos livros, talvez todos eles morram na prateleira, empoeirados, então, escreverei um novo romance, sobre os livros que morreram, que continham a história do meu amor, que morreu também, então, serei um assassino em série de livros e mesmo assim, sua atenção não conterei. É certo que eu me afastei e que quando percebo você figurando e olhando na minha insolente direção, desvio, faço de tudo, crio um diálogo com o mais próximo desconhecido, na esperança de te rejeitar e deixar bem claro, aqui quem manda não é mais você, mas infelizmente, ainda é, não sei por quanto tempo isso ira perdurar. Só sei que você andou percebendo e me procurando um pouco mais, no seu jeito frio, morremos, compre o meu livro, lá tem tudo explanado direitinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário