quarta-feira, 31 de agosto de 2011

vous pouvez prétendre que je suis invisible. - Nati Busch


Dizem que, para amenizar uma dor, 
precisamos de outra bem maior.
mas, me respondam, 
que dor é maior, do que a dor do coração?  

Nem dor de amor, 
nem dor de sentir-se só, 
é maior do que aquela dor, 
é a que vai e desata o nó. 

se é que existiu o tal laço, 
ou foi só coisa da minha cabeça, 
não sei se você quer, 
mas está fazendo com que pareça. 

Eu já quis muitas coisas, 
até que esse capítulo não tivesse rima, 
mas é tudo psicológico, é tudo coisa da cabeça, 
peço agora, lembrando ou não, minta, 
e <diga> não me esqueça. 

Um comentário: