segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Cegos para a realidade - Nicolas Santos e Eduarda Assumpção

"Rotação, translação, o mundo gira e tudo evolui.” Não é bem assim, hoje em dia está tudo perdendo o sentido, tudo está tomando um péssimo rumo. Folhas na calçada, dizem perto está o fim… A frase é verdadeira. Calçada suja, mundo sujo, mentes pequenas e egoístas, se todos acham que está tudo bem, eu quero remar contra a maré.
O mundo parece ter perdido o sentido, talvez o sentido que nunca teve. As pessoas parecem não perceber o quão errado está o lugar que habitamos, e isso tudo por culpa de nós mesmos. Talvez se as pessoas parassem de pensar somente nelas, e começassem a enxergar pelo menos um palmo à frente de seus olhos, algo mudasse. Mas não, todos estão ocupados demais pensando em dinheiro, em guerra, sem perceber que tudo que fazem hoje, resultará numa consequência amanhã.
Consequência essa que com certeza também vai fazer mal pra você, pois mesmo que o mundo às vezes se torne uma coletividade individual, vivemos em um lugar onde o maior e único bem são as pessoas. Pessoas tem sentimentos e portam consciência, muitas vezes mal usada, quase sempre.
Confesso, tenho medo do amanhã, ninguém sabe o que poderá acontecer. Me sinto deslocado, fora do meu lugar. Já passou pela minha cabeça não pertencer a esse planeta, pois não penso como ninguém daqui, ninguém entende o que tento dizer, ninguém faz questão de entender. Ninguém se importa com o sentimento dos outros, estamos perdidos de nós mesmos, tentando encontrar um lugar aonde possamos nos refugiar.
E esse lugar me parece muito distante, parece inexistente, parece apenas mais um sonho que vou me esquecer quando acordar e ligar a televisão e ouvir notícias sobre crianças passando fome, sem educação, sem perspectiva alguma. Preferível dormir, mas eu quero tentar mudar isso, as pessoas pensam que não podem mudar o mundo… De braços cruzados ninguém consegue mesmo."

10 comentários:

  1. Realmente é preferível dormir, talvez assim o mundo não te atinja, talvez assim consiga ficar segura, talvez assim os sonhos pelo menos tragam algo bom, mas a mente já está cheia e se todos fecharem os olhos e não preferirem não despertar, até quem resolveu permanecer acordado vai ser obrigado a dormir em sono eterno, porque a partir de então, nada mais será realidade.
    Tudo muito lindo Nick, parabéns ^^

    ResponderExcluir
  2. (...) Talvez se as pessoas parassem de pensar somente nelas, e começassem a enxergar pelo menos um palmo à frente de seus olhos, algo mudasse. Mas não, todos estão ocupados demais pensando em dinheiro, em guerra, sem perceber que tudo que fazem hoje, resultará numa consequência amanhã.
    Muuito boom, parabééns! *-*

    ResponderExcluir
  3. "...estamos perdidos de nós mesmos..."
    è tão triste, e as pessoas não tem tempo pra pensarem nisso, é tão triste!
    Parabéns, nem só de amor fala o anacronologias, mas de feridas da vida tb. Lindo Nick !!

    ResponderExcluir
  4. Excelente texto...

    É bem essa a realidade, as pessoas se preocupam mais com o "ter" do que com a "Sentir" "Ver" "perceber" o que está a sua volta!


    ;)
    Parabéns pelo texto, adorei!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o texto, me fez pensar bastante.
    "Talvez se as pessoas parassem de pensar somente nelas, e começassem a enxergar pelo menos um palmo à frente de seus olhos, algo mudasse. " a maais pura verdade, nos tempos atuais, ninguem pensa no proximo, só em si próprios, querem subir cada vez mais, enquanto outros continuam na miséria e pobreza. Está na hora do ser humano repensar suas ideias.

    ResponderExcluir
  6. lindo como sempre. \o/

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do seu texto e a música se aplica mto bem. Outra ainda de Renato que configura bem a realidade brasileira é Perfeição. Tbm costumo pensar que estou no lugar errado, mas acredito que apenas numa época errada. Gostaria de ter conhecido o Brasil de Machado de Assis, onde existia educação, honra, palavra, respeito. Sim, era nessa época que eu gostaria de ter vivido, onde a cultura era apreciada e não apologias ao crime e ao sexo.

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito do seu texto e a música se aplica mto bem. Outra ainda de Renato que configura bem a realidade brasileira é Perfeição. Tbm costumo pensar que estou no lugar errado, mas acredito que apenas numa época errada. Gostaria de ter conhecido o Brasil de Machado de Assis, onde existia educação, honra, palavra, respeito. Sim, era nessa época que eu gostaria de ter vivido, onde a cultura era apreciada e não apologias ao crime e ao sexo.

    ResponderExcluir
  9. "(...) Ninguém se importa com o sentimento dos outros, estamos perdidos de nós mesmos, tentando encontrar um lugar aonde possamos nos refugiar..."
    O que tenho a dizer é o de sempre, parabéns, Nick. Você é um ótimo escritor. E, eu amo você, tio. <3

    ResponderExcluir