segunda-feira, 12 de março de 2012

Como se chama ? - Nicolas Santos

Eu nem sei seu nome.

Nem sei porque isso de pensar frequentemente em você, não entendo porque anda habituando meus sonhos, não entendo, não quero entender, não quero gostar. Começar a gostar e não querer gostar, acho que é isso.

Mas eu nem sei seu nome, embora já tenha decorado teu rosto e o timbre da tua voz, também já decorei a tua carteira na sala de aula, fica longe de mim, distante eu estou, discrepância qualquer, meros detalhes, meros desejos, imensos desejos.

Ando te desejando, desejo ter um cheiro em minha casa, sem ser só o meu, desejo tua boca e seus abraços, em vão, minha falta de confiança não me permitirá chegar em você, teus olhos jamais vão saltar sobre os óculos e me enxergar, vamos ficar nessa, eu vou ficar nessa.

Acho torturante, aliás é bem torturante, saber que eu passo horas, dias, pensando em alguém que nem sabe quem sou, acho que é da vida, acho que não gosto dessas coisas da vida, meros coadjuvantes.

Toda noite eu olho para o céu, as vezes vejo algumas estrelas fazendo companhia para lua, até dou nome a elas, mas ultimamente meu céu anda nublado e a única visão boa que eu tenho, é a do teu rosto, na minha mente.

Eu gosto de você

"Eu tentei sorrir
e fiz isso por você.
Você não deve ter percebido isso.
Você nunca percebe." Ellie goulding - The Writer


2 comentários:

  1. Mais um grande texto, meu escritor! Continue assim! haha :))

    ResponderExcluir