quarta-feira, 8 de junho de 2011

dorme bem, que eu olho por você. - Nati Busch

Se brincássemos de conto de fadas, 
eu seria a boba da corte. 
Borraria meus lábios com um vermelho antigo, 
enquanto meus olhos saltariam da cara,
você iria rir dos meus tropeços, 
e assim eu acharia que estava fazendo um bom trabalho. 


Revenciaria o meu rei, o grande rei. 
mas que grande porcaria de rei. 
não sabe o que pode acontecer?
Se apaixonar pela grande palhaça, 
o que é dele, ele vai ter. 


Tiraria a pintura do rosto, 
maquiaria a minha própria tristeza, 
e deitaria no porão, esperando o grande rei,
a contragosto.


Você faria o que quisesse comigo, 
eu mentiria o meu amor, 
eu viraria rainha. 


Mesmo, querendo mais do que qualquer coisa no mundo, 
que quem eu fizesse sorrir, 
fosse a droga do príncipe encantado.  





8 comentários:

  1. Nossa, que foda...
    muito bom, muito bem escrito!

    ResponderExcluir
  2. Lindo,como sempre!

    ResponderExcluir
  3. Quando apaixonados nos fazemos de palhaços, afinal o riso é o nosso pagamento... Mas se a droga do principe não sorri, a graça perde toda graça. excelente trilha

    ResponderExcluir
  4. Muitoo bom! Parabéns! bjooo @scottpeyton

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, é lindo... Parabéns!

    ResponderExcluir