segunda-feira, 19 de julho de 2010

Quando eu resolvi parar.- Nati Busch

Estava tudo bem, até ontem,quando ele não habitava meus pensamentos.
Uma simples conversa,fez com que todos os meus planos,sonhos,desejos e expectativas perdessem o sentido.
Não sabia o que estava fazendo,deixei as palavras escaparem entre meus dedos.Aquilo era errado,eu sabia.E quando tentei recuar...no exato momento que olhei para trás...contemplei meu mundo em chamas,não aquelas que se apagam e não deixam vestígios,aquelas que destroem,e põe tudo a perder.
Não que houvesse muito a perder,pois o que sobrará de inúmeras derrotas já estava apodrecendo.E minhas vitórias? Esqueça.
Já estava feito.O que eu poderia fazer? Estava decepcionada,só queria recomeçar.
E como sempre,recomecei.E assim como um caderno onde se arrancam algumas folhas,marcas foram deixadas,pequenos vestígios de uma antiga historia.
E assim veio, me pedindo explicações,como se tivesse algum direito,veio querendo colar as paginas arrancadas,meu deus,nunca presenciei tamanha insolência.
Bom,dei de ombros e voltei a escrever...

2 comentários: